23:01 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Soldado estoniano iça a bandeira da OTAN em frente da casa do ex-presidente da Estônia, Lennart Meri, na cidade de Tallinn. 29 de março de 2004.

    Maioria dos russos considera a OTAN uma ameaça

    © AFP 2018 / RAIGO PAJULA
    Mundo
    URL curta
    15154

    67% dos russos consideram a OTAN como uma ameaça, sendo que apenas 3% enxergam a Aliança do Norte como uma "proteção". A informação foi divulgada em um estudo recente realizado pela empresa de pesquisa de opinião Gallup.

    A pesquisa compilou as ações em relação à OTAN em mais de duas dezenas de países da Europa Oriental, realizando entrevistas telefônicas ao longo de 2016 em cerca de 1.000 adultos em cada país, com exceção da Rússia, onde foram entrevistados 2.000 adultos.

    A votação concluiu que, juntamente com a Rússia, Bielorrússia e Ucrânia, onde a maioria ou a pluralidade consideravam a OTAN uma ameaça, as pessoas nas repúblicas pós-soviéticas da Moldávia, da Armênia, do Cazaquistão, do Tajiquistão e do Quirguistão, também se mostraram mais propensas a ver a Aliança como Uma ameaça do que uma proteção. 

    A pesquisa também foi realizada na Ucrânia, onde foi evidenciado um número mais equilibrado. Apenas 29% dos ucranianos veem a aliança como uma proteção, sendo que 35% a consideram como ameaça e 26% prefiram não opinar.  

    Mais:

    Com ajuda da OTAN mídia britânica acusa Sputnik de propaganda
    Como a Rússia vigia atividades da OTAN no mar Negro
    UE se sente confortável na OTAN, acreditando que 'Tio Sam a defenderá' caso necessário
    Tags:
    proteção, pesquisa, ameaça, Gallup, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik