13:35 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Tropas da Turquia e do Exército Livre da Síria nos arredores de Al-Bab, Síria, 4 de fevereiro, 2017

    Turquia e Rússia continuarão combatendo o Daesh apesar de acidente militar na Síria

    © REUTERS/ Khalil Ashawi
    Mundo
    URL curta
    4190

    A morte acidental de soldados turcos durante um ataque aéreo da Rússia na Síria foi uma tragédia, mas Ancara e Moscou devem continuar a atuar em conjunto contra a ameaça do terrorismo, segundo disse à Sputnik um alto oficial turco.

    "Houve uma tragédia, estamos extremamente entristecidos. No entanto, temos de partir do fato de que na nossa região, para a luta contra o terrorismo e para a paz, a Turquia e a Rússia devem continuar a agir em conjunto, ombro a ombro. Muitos gostariam de ver nossa relação com a Rússia se deteriorar", disse a fonte.

    Mais cedo nesta quinta-feira (9), o porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov confirmou à Sputnik que o presidente russo, Vladimir Putin, havia expressado condolências ao presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, pela morte não intencional de soldados turcos em um ataque aéreo conduzido pela Força Aeroespacial da Rússia perto da cidade síria de Al-Bab.

    Desde meados de janeiro, a Força Aeroespacial da Rússia e a aviação militar da Turquia estão realizando operações conjuntas contra grupos terroristas na Síria.

    Mais:

    Turquia anuncia que 3 militares turcos morreram em ataque acidental russo
    Turquia concentra material militar blindado perto da Síria
    Sempre em frente: infantaria síria desenvolve ofensiva contra posições do Daesh em Al-Bab
    Tags:
    relações, cooperação, soldados, acidente, ataque aéreo, Estado Islâmico, Daesh, Força Aeroespacial da Rússia, Recep Tayyip Erdogan, Vladimir Putin, Al-Bab, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik