08:45 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã

    Casa Branca: Lançamento de míssil iraniano não viola 'diretamente' acordo nuclear

    © AP Photo/ Carlos Barria
    Mundo
    URL curta
    642005

    Os Estados Unidos voltaram a fazer declarações duras contra o programa de mísseis balísticos iraniano, mas reconheceram que o recente teste de armas no país não viola acordo nuclear "diretamente".

    O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, declarou nesta sexta-feira (3) que o teste de míssil realizado pelo Irã não viola "diretamente" o acordo nuclear assinado com Teerã em 2016. 

    "Isso não é uma violação direta", afirmou o porta-voz da Casa Branca em entrevista à MSNBC

    Exercícios de sistemas de mísseis Fateh, Irã, 2012 (foto de arquivo)
    © AFP 2017/ ARASH KHAMOUSHI / ISNA NEWS AGENCY
    Ao mesmo tempo, Spicer disse que "não há dúvidas de que o lançamento viola o espirito do acordo". Ele reiterou que o acordo com Teerã foi uma "mau negócio". 

    "Eles deveriam ficar felizes pelo que os EUA fizeram por eles, ao invés disso, foram provocativos e irresponsáveis", frisou o porta-voz, acrescentando que "hoje foi o primeiro passo da demonstração da insatisfação dos EUA". 

    Nesta sexta-feira, os EUA adotaram sanções contra 25 pessoas físicas e empresas, em resposta ao programa de mísseis balísticos iraniano. 

    Mais:

    Opinião: 'EUA e Israel buscam confrontação bélica com o Irã'
    Casa Branca: 'comunidade internacional é tolerante demais com o Irã'
    Irã retalia as sanções dos EUA e adota restrições contra Washington
    Estados Unidos anunciam novas sanções contra empresas ligadas ao Irã
    Tags:
    míssil balístico, acordo nuclear, lançamento, Casa Branca, Sean Spicer, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik