19:45 29 Maio 2017
Ouvir Rádio
    O novo presidente dos EUA Donald Trump na Casa Branca, Washington, 20 de janeiro de 2017

    Casa Branca: 'comunidade internacional é tolerante demais com o Irã'

    © AFP 2017/ JIM WATSON
    Mundo
    URL curta
    241079610

    O Conselheiro de Segurança Nacional do presidente dos EUA, Michael Flynn, declarou que os Estados Unidos não aceitarão as "provocações" do Irã e acusou a ONU de ser tolerante demais com o Irã.

    Nesta sexta-feira, os EUA adotaram sanções contra 25 pessoas físicas e empresas, em resposta ao programa de mísseis balísticos iraniano, bem como ao apoio do grupo xiita Hezbollah, considerado uma organização terrorista por Washington.

    "A comunidade internacional é tolerante demais com o mal comportamento do Irã. O ritual de convocação extraordinária do Conselho de Segurança da ONU e a divulgação de uma reprimenda não são suficientes. A administração de Trump não aceitará mais as provocações do Irã, que ameaçam aos nossos interesses", declarou Flynn.

    "Os dias, quando era possível fechar os olhos para as ações de inimizade e ameaçadoras do Irã em relação aos Estados Unidos e à comunidade internacional, terminaram", concluiu o general.

    Mais:

    Casa Branca está na cola do Irã, mesmo após ampliação das sanções
    Estados Unidos anunciam novas sanções contra empresas ligadas ao Irã
    Trump adverte Irã de 'não brincar com fogo' e promete não ser tão bom como Obama
    Casa Branca emite alerta sem precedentes para o Irã
    Tags:
    ONU, Casa Branca, Michael Flynn, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik