14:52 21 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Fragmentos do avião MH17 durante apresntação de relatório na Holanda

    Rússia acusa lado holandês de protelar investigação da catástrofe de MH17

    © Sputnik/ Maksim Blinov
    Mundo
    URL curta
    272

    A agência estatal russa Rosaviatsiya desmentiu as informações divulgadas pelo lado holandês de que os dados de radar relativos à catástrofe aérea do MH17 fornecidos pela Rússia alegadamente não correspondem aos requisitos internacionais.

    A Rosaviatsiya declarou que o lado russo entregou à Holanda todos os dados dos radares relativamente a tragédia três meses atrás e que, desde então, não recebeu nenhuns outros pedidos para que os especialistas russos ajudassem a decifrar os dados.

    "Até a data não recebemos nenhuns pedidos do lado holandês para envolver os nossos especialistas na descodificação dos dados primários de radar", declarou aos jornalistas o chefe da estatal russa, Oleg Storchevoy.

    No fim da semana passada, em 29 de janeiro, a mídia informou que os investigadores holandeses não teriam conseguido decifrar a informação recebida sobre a queda do MH17. 

    O acontecimento trágico teve lugar no leste da Ucrânia em julho de 2014, causando a morte de todos os 283 passageiros e 15 membros da tripulação.

    Mais:

    Caso MH17: OTAN celebra relatório que acusa a Rússia
    Kremlin: investigação do MH17 está condenada ao fracasso
    Tags:
    investigação, MH17, Rosaviatsiya, Leste da Ucrânia, Holanda, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik