02:59 18 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    12340
    Nos siga no

    As ações bem-sucedidas da Força Aeroespacial russa na Síria e a alta prontidão de combate do exército russo assustaram o Ocidente, acredita o vice-chefe do Comitê da Defesa do Conselho da Federação (câmara alta do Parlamento) russo.

    A reação chega logo após o presidente dos EUA Donald Trump ter começado a cumprir as suas promessas eleitorais e assinado o decreto sobre a reestruturação das Forças Armadas do país.

    "As ações bem-sucedidas da Força Aeroespacial da Rússia na Síria na luta contra o terrorismo, a alta prontidão de combate do nosso exército, assustaram o Ocidente. Como resultado, as lideranças dos EUA e do Reino Unido decidiram verificar as variantes de fortalecimento das suas forças armadas," acredita Evgueni Serebrennikov.

    O vice-chefe do Comitê de Defesa do Conselho da Federação partilhou a sua opinião com a Sputnik falando sobre a possível mudança de retórica de Trump relativamente à Rússia. O senador russo sublinhou também que o republicano tem muitos adversários, inclusive no seu círculo mais próximo.

    O político acredita que uma das promessas eleitorais de Trump foi o melhoramento das relações com a Rússia. Caso isso se concretize, o senador tem esperança que possa ser possível a discussão sobre a instalação dos sistemas de defesa antimíssil norte-americanos no leste da Europa.

    Tags:
    forças armadas, Donald Trump, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar