23:01 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Estrela de rubi de uma das torres da fortaleza do Kremlin. Ao fundo, Grande palácio do Kremlin (foto de arquivo)

    Kremlin: sem apoio dos EUA não haverá solução construtiva na Síria

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin/Anton Denisov/Serviço de imprensa do presidente russo
    Mundo
    URL curta
    3126

    Uma solução construtiva na Síria é impossível sem a participação dos Estados Unidos, disse o porta-voz do presidente russo, Dmitri Peskov, em entrevista publicada no sábado no portal Vesti.ru.

    Reconhecendo que Moscou e Teerã permanecem em "certo desacordo" sobre a presença dos EUA nas negociações sírias em Astana, Peskov disse que "este é um assunto muito complicado para que haja harmonia completa de pontos de vista".

    "É evidente que é impossível resolver o problema sírio de forma construtiva sem a participação dos EUA", disse o representante do Kremlin.

    Anteriormente, Peskov disse à BBC que o Irã se opõe à presença dos EUA nas negociações de Astana.

    Irã a Rússia e Turquia, realizaram intensos esforços diplomáticos nos últimos meses para promover uma solução para o conflito na Síria. A mediação dos três países tornou possível, em dezembro do ano passado, a evacuação dos combatentes e de civis de Aleppo oriental.

    Em 23 de janeiro, representantes de Damasco e da oposição síria armada se reunirão na capital do Cazaquistão, Astana, para tentar desenvolver um plano para a solução da crise síria.

    A reunião em Astana, assim como a trégua declarada na Síria desde o dia 30 de dezembro, faz parte de um pacote de iniciativas de mediação da Rússia e da Turquia, apoiado pelo Conselho de Segurança da ONU no âmbito da resolução 2336.

    No dia 8 de fevereiro será realizada uma nova rodada de negociações sírias em Genebra, sob os auspícios da ONU, pela primeira vez desde abril de 2016.

    Mais:

    Chefe da oposição armada: Militantes continuarão lutando se negociações em Astana falharem
    Chanceler russo: EUA foram convidados para as negociações em Astana sobre a Síria
    O mais importante é saber quem está por trás das negociações sobre Síria em Astana
    ONU participará das negociações sobre Síria em Astana
    Tags:
    negociações de paz, Dmitry Peskov, Irã, Turquia, Astana, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik