20:48 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    664
    Nos siga no

    O governo dos EUA exigiu da Coreia do Sul a prisão do irmão do ex-secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que estaria sendo acusado de corrupção, informou Reuters, citando o anúncio do assessor do procurador do Tribunal Federal de Manhattan em Nova York.

    Segundo informou o representante da procuradoria, EUA solicitaram à Coreia do Sul a prisão de um dos ex-conselheiros da empreiteira sul-coreana Keangnam Enterprises Co Ltd., Ban Ki-sang, irmão de Ban Ki-moon. Os EUA planejam exigir a extradição do empresário.

    Na semana passada, Reuters informou que as autoridades norte-americanas acusaram o irmão e o sobrinho do ex-secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, no âmbito de um caso de corrupção. Segundo os documentos, apresentados pelas autoridades, os acusados estariam envolvidos em casos de suborno de oficiais do governo.

    Segundo a agência, o caso investiga uma tentativa de venda de um grupo de prédios no Vietnã, no valor total de 800 milhões de dólares. Reuters informou que o sobrinho do ex-secretário-geral da ONU, Joo Hyan Bahn, trabalha como agente de vendas de imóveis em Nova York.

    A ONU não quis comentar as acusações das autoridades norte-americanas contra os parentes do ex-secretário-geral da organização.

    Mais:

    Ban Ki-moon reafirma pretensão de concorrer à presidência da Coreia do Sul
    'Se Ban Ki-moon virar presidente da Coreia do Sul após deixar ONU, vai ter guerra'
    Ban Ki-Moon sobre o fim do mandato na ONU: 'Sinto-me como a Cinderela'
    Mídia sul-coreana acusa Ban Ki-moon de recebimento de suborno
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar