09:54 04 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    121
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou que nesta quarta-feira (18) que estava preocupado que as perspectivas para uma solução de dois Estados para o conflito entre Israel e Palestina estavam diminuindo devido à crescente construção de assentamentos israelenses na Cisjordânia.

    Obama afirmou durante a coletiva que seu governo não vetou a recente resolução da ONU sobre a atividade de assentamento israelense porque achava que uma solução de dois Estados era a única opção para a paz.

    "O objetivo da resolução era simplesmente dizer que o crescimento dos assentamentos está criando uma realidade com base no fato de que cada vez será impossível uma solução de dois Estados", disse Obama na coletiva de imprensa. "Era importante para nós enviar um sinal, um chamado de despertar que este momento pode estar passando".

    Em 23 de dezembro, o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução exigindo a interrupção "completa e imediata" da construção de assentamentos em territórios palestinos.

    Mais:

    Rússia faz de tudo para que diálogo entre Israel e Palestina aconteça
    Obama: assentamentos de Israel impossibilitam a solução do conflito com Palestina
    Putin e Netanyahu discutem crise síria e conflito entre Israel e Palestina
    John Kerry pede que Israel e Palestina concordem com fronteiras de 1967
    Tags:
    assentamentos, resolução, conflito, solução de dois Estados, ONU, Barack Obama, Palestina, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar