18:47 03 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    39611
    Nos siga no

    Os serviços secretos da Alemanha acusam a Rússia de minar sistematicamente as relações entre a Europa e EUA, informou o semanário Spiegel citando um recente relatório apresentado ao governo alemão.

    O documento foi elaborado pelo Serviço Federal de Informações da Alemanha (BND) em conjunto com o departamento federal alemão de proteção da Constituição.

    O Spiegel divulgou que os autores do documento chegaram à conclusão de que, durante muitos anos, Moscou tem exercido sua influência sobre os países-membros da União Europeia, "tentando agravar os conflitos sociais existentes, especialmente no Ocidente" e tentando "pôr em questão os laços próximos com os EUA".

    O artigo destaca também que atualmente o governo da Alemanha está discutindo as vias através das quais os deputados do Bundestag (Parlamento do país) e a sociedade alemã devem ser informados sobre os fatos destacados no documento, bem como sobre a própria necessidade (ou não) dessa informação.

    Cabe lembrar que esta não é a primeira acusação deste gênero feita ao lado russo. Nos finais de 2016, durante a sua coletiva anual, o presidente russo Vladimir Putin sublinhou que Moscou só está interessada no desenvolvimento da cooperação com a UE, sem ter interesse em questões internas da Europa. Segundo ele, entre os países da UE há numerosas divergências, inclusive quando à política migratória.

    Mais:

    Mídia: sinal 'mortífero' à Rússia se transforma em protestos na Alemanha
    Soldados americanos chegam à Polônia e Rússia classifica ação como ameaça
    Oficial alemão sobre militares americanos na Europa: EUA inventam ameaças que não existem
    Tags:
    acusações, mídia, BND, União Europeia, EUA, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar