16:46 15 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    032
    Nos siga no

    O Governo da Venezuela condenou categoricamente a decisão do governo norte-americano de estender as sanções contra Caracas por mais um ano. A informação é da ministra das Relações Exteriores, Delcy Rodriguez.

    O presidente dos EUA, Barack Obama, estendeu as sanções contra Venezuela nesta sexta-feira (13), alegando violações de direitos humanos, restrição à liberdade de imprensa e uso da força em protestos contra o governo no país sul-americano. 

    "Esta agressão, novamente implementada pelo presidente Barack Obama, é parte do seu legado de ódio e graves violações do direito internacional", publicou Rodriguez em sua conta no Twitter. 

    O prazo das atuais sanções acabaria em 8 de março de 2017. Elas implicam um congelamento, sob jurisdição americana, de ativos de pessoas incluídas na "lista negra", assim como a proibição de cidadãos dos EUA de realizar negócios com eles. 

    Mais:

    Alto diplomata dos EUA é enviado à Venezuela para se reunir com Maduro
    Ação arriscada: Venezuela acusa EUA de invadirem espaço aéreo do país
    Maduro falou sobre novo ataque dos EUA contra Venezuela
    EUA: Kerry apoiou diálogo com a oposição para superar a crise na Venezuela
    Tags:
    EUA, Venezuela, Barack Obama, Delcy Rodriguez, sanções, congelamento, restrições, direitos humanos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar