07:41 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    40139
    Nos siga no

    O governo do próximo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve buscar maneiras de colaborar com Moscou e Pequim para convencer Pyongyang a desistir de suas ambições nucleares, segundo afirmou o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, nesta terça-feira.

    "Nosso conselho para a próxima administração é procurar oportunidades para trabalhar efetivamente com países como China e Rússia, além dos nossos aliados, Coreia do Sul e Japão, para colocar pressão sobre a Coreia do Norte", disse ele em coletiva de imprensa. 

    Ainda de acordo com o representante do governo norte-americano, Trump também deveria ouvir os conselhos de comandantes militares dos EUA no que diz respeito ao envio de soldados para a região Ásia-Pacífico. 

    No último domingo, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, declarou que o seu país estava finalizando os preparativos para lançar um míssil balístico intercontinental, ignorando as sanções adotadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas por conta do seu programa nuclear bélico. 

    Mais:

    Coreia do Norte: 2017 é ano favorável ao crescimento de arsenal nuclear
    Coreia do Norte quer se tornar potência nuclear
    Congresso promete 'resposta dura' caso Trump revogue sanções contra Rússia
    Giuliani: Obama está estragando relações com a Rússia para atingir Trump
    Tags:
    míssil balístico, programa nuclear, Donald Trump, Josh Earnest, Ásia-Pacífico, Coreia do Sul, Coreia do Norte, China, EUA, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar