15:13 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin cumprimenta o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

    Netanyahu se juntará a Putin no combate ao terrorismo

    © AP Photo/ Ivan Sekretarev
    Mundo
    URL curta
    22110443

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, conversou por telefone com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. A autoridade israelense manifestou condolências pela morte do embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, e expressou prontidão para ampliar a cooperação com Moscou no combate ao terrorismo, informou Kremlin.

    "Por iniciativa da parte israelense, foi realizada uma conversa telefônica entre o presidente da Federação da Rússia, Vladimir Putin, com o primeiro-ministro do Estado de Israel, Benjamin Netanyahu. O primeiro-ministro de Israel, em seu próprio nome e em nome do povo de Israel, manifestou profundas condolências pela trágica morte do embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, condenou duramente esse crime e expressou prontidão para ampliar a cooperação com a parte russa no combate ao terrorismo", informou o comunicado do Kremlin.

    O informe destacou que as partes também discutiram "alguns temas internacionais pertinentes".

    O embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, foi assassinado em Ancara nesta segunda-feira. Segundo o ministério das Relações Exteriores da Rússia, o embaixador foi atingido por disparos de arma de fogo durante um evento aberto ao público e faleceu. A chancelaria russa classificou o incidente de atentado terrorista. 

    O Conselho de Segurança da ONU aprovou, ainda na segunda-feira, uma declaração, na qual reconheceu o assassinato do embaixador russo como um atentado terrorista e exigiu a punição dos seus autores.

    Mais:

    Israel combaterá terrorismo ao lado da Rússia
    Netanyahu quer impedir influência militar do Irã na Síria
    Primeiro-ministro israelense Netanyahu e presidente palestino Abbas parabenizam Trump
    Netanyahu: Visita de Medvedev prova reforço das relações entre Rússia e Israel
    Tags:
    antiterrorismo, terrorismo, Kremlin, Benjamin Netanyahu, Vladimir Putin, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik