10:15 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    420
    Nos siga no

    O assassinato do embaixador na Rússia Andrei Karlov, em Ancara, não resultará na proibição de os turistas russos visitarem a Turquia, declarou à Sputnik do chefe do Comitê para Política Social do Conselho da Federação, o senado da Rússia, Valeriy Ryazanskiy.

    "Penso que este será o desenrolar dos fatos. Provavelmente, Moscou exigirá explicações ao lado turco, mas não haverá uma decisão [proibição] sobre nossos turistas", disse Ryazanskiy.

    Na opinião do senador, será preciso apenas recomendar para que os turistas russos na Turquia reforcem suas próprias medidas de segurança, inclusive evitando visitas a locais públicos.

    Karlov foi assassinado nesta segunda-feira (19) a tiros, em Ancara, na Turquia, enquanto discursava na abertura de uma exposição em uma galeria de arte local.

    Mais:

    Conselho de Segurança da ONU condena assassinato do embaixador russo na Turquia
    Putin: assassinato do embaixador russo na Turquia é sabotagem do processo de paz na Síria
    Moscou se manifesta sobre segurança de seus cidadãos na Turquia
    Tags:
    assassinato, embaixador, turismo, Andrei Karlov, Rússia, Ancara, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar