01:58 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira Nacional da República Bolivariana da Venezuela

    Venezuela reafirma 'golpe' e não reconhece Argentina na presidência do Mercosul

    © flickr.com / Cristóbal Alvarado Minic
    Mundo
    URL curta
    1295
    Nos siga no

    A Venezuela não reconhece a presidência temporária de seis meses da Argentina no Mercosul, pois considera que o processo que levou a isso constitui um golpe de Estado. É o que afirma a ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodriguez.

    "A Venezuela não reconhece a presidência temporária da Argentina, porque surgem várias perguntas: Quem entregou a presidência à Argentina? A Venezuela não entregou, então estamos no decurso de um golpe de Estado", disse Rodriguez em conferência de imprensa.

    A ministra destacou que Caracas incorporou "mais de 95%" das normas do Mercosul à sua legislação nacional, portanto, segundo ela, a suspensão do país bloco regional seria "ilegal".

    "Os setores em conluio nos dizem que não é suficiente […] São juízes e decidem inventar sanções, uma espécie de fraude, sanções que não existem nas normas do Mercosul", acrescentou.

    Mais:

    Venezuela denuncia agressão contra sua chanceler na Argentina (VÍDEO)
    Defesa Civil de Roraima: 'Fechamento da fronteira pela Venezuela agravou os problemas'
    Venezuela vai apelar a Comitê de Controvérsias do Mercosul
    Venezuela denuncia conluio da 'Tríplice Aliança' no Mercosul e promete assumir presidência
    Tags:
    golpe de Estado, golpe, sanções, presidência, Mercosul, Delcy Rodriguez, Venezuela, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar