04:45 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Viktor Yanukovich

    Tribunal de Kiev autoriza prisão do ex-presidente Viktor Yanukovich

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Mundo
    URL curta
    245

    Um tribunal de Kiev autorizou nesta quinta-feira (15) a prisão do ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, a pedido do procurador militar do país.

    Segundo informou o procurador-geral Yuri Lutsenko, após a detenção, o tribunal teria de selecionar uma punição preventiva para o ex-presidente dentro de 36 horas. A decisão judicial expira em 14 de junho de 2017.

    "O tribunal distrital de Kiev Pechersky, depois de examinar em uma audiência fechada o requerimento do promotor militar [Ruslan] Kravchenko (…) decidiu conceder o pedido e fornecer permissão para prender o suspeito Yanukovich", escreveu Lutsenko em sua página no Facebook. 

    Em fevereiro de 2014, violentos confrontos entre manifestantes e policiais irromperam na praça Maidan, no centro da capital ucraniana, tirando a vida de cerca de 100 civis. As atuais autoridades ucranianas culpam Yanukovich, que atualmente vive na Rússia, bem como as forças especiais Berkut pelas mortes.

    Viktor Yanukovich foi eleito presidente da Ucrânia de 2010 e reeleito em 2012. Exerceu seu mandato até 22 de fevereiro de 2014, quando foi deposto em um golpe de Estado apoiado por forças pró-ocidentais, que não aceitaram a rejeição do acordo de associação da Ucrânia com a União Europeia e o estreitamento dos laços com a Rússia. 


    Mais:

    Ex-presidente da Ucrânia Yanukovich se prepara para testemunhar no caso Maidan
    Advogado: não há razão de entregar Yanukovich à Ucrânia
    Poroshenko: UE deve impor sanções à Rússia por suas ações em Aleppo
    Poroshenko ameaça processar mídia britânica após acusações de corrupção
    Tags:
    protestos, mortes, Maidan, ex-presidente, presidente, golpe de Estado, exílio, prisão, Viktor Yanukovich, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik