16:33 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Reunião do Conselho da Segurança da ONU em Nova York

    Conselho de Segurança faz apelo por maior cooperação jurídica contra terrorismo

    © REUTERS/ Brendan McDermid
    Mundo
    URL curta
    0 01

    O Conselho de Segurança da ONU pediu que países tenham uma cooperação mais profunda na luta contra o terrorismo, na assistência jurídica e troca de informações sobre agentes terroristas estrangeiros. A Resolução 2322 foi adotada por unanimidade pelos membros do Conselho de Segurança.

    A resolução adotada na última segunda-feira (12) apela aos Estados para compartilhar "informações sobre combatentes estrangeiros, terroristas e outros terroristas individuais e organizações terroristas, incluindo dados biométricos e biográficos, bem como informações que indicam a natureza do envolvimento da pessoa envolvida com o terrorismo" nos canais de comunicação bilaterais, regionais e globais de agências de aplicação da lei.

    O Conselho de Segurança também pediu aos países a "considerar, quando necessário, a possibilidade de reduzir o grau de sigilo de dados de inteligência para o uso oficial em caso de ameaça de combatentes estrangeiros".

    De acordo com o vice-embaixador da Rússia na ONU, Evgueni Zagainov, na luta contra o terrorismo na Síria e no Iraque, é necessário uma "harmonização e modernização dos acordos bilaterais e multilaterais sobre extradição e auxílio judiciário em matéria penal", tendo em vista os problemas enfrentados por agências de aplicação da lei na interação umas com as outras.

    Mais:

    Damasco: EUA reconhece apoio ao terrorismo ao levantar embargo aos fornecimentos de armas
    Premiê turco: Turquia e Rússia precisam combater terrorismo em conjunto
    Lavrov: Rússia cooperará com Trump no combate ao terrorismo
    Tags:
    combate, resolução, cooperação, terrorismo, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Iraque, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik