21:34 17 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados da OTAN

    'Aumento do orçamento militar da OTAN levará à Guerra Fria', diz Grushko

    © AP Photo/ Mindaugas Kulbis
    Mundo
    URL curta
    165

    O representante permanente da Rússia na OTAN, Aleksandr Grushko, afirmou nesta quinta-feira (8) que o aumento do orçamento militar dos países da OTAN para 2% do PIB é um "sério fator" para a Rússia.

    Segundo ele, o aumento dos gastos militares dos países da Aliança do Norte levará a uma confrontação militar dos tempos da Guerra Fria

    "Obviamente, o fator Trump jogou à favor daqueles que se apoiam a implementação incondicional das decisões das cúpulas de Varsóvia e País de Gales sobre o aumento dos gastos militares para 2% do PIB", disse Grusho em entrevista à TV russa. 

    O diplomata destacou que "o aumento nos orçamentos dos países europeus a este limite representará um total de mais de 100 bilhões de dólares, que é superior ao orçamento militar da Federação Russa". 

    Ele lembrou que, de acordo com os padrões da OTAN, pelo menos 20% dos gastos de defesa devem ser direcionados para a compra de armas.

    "Por isso, se esta decisão for implementada […] é claro, será mais um fator que vai piorar a situação na Europa, e levar à confrontação militar dos tempos da Guerra Gria", acrescentou Grushko.

    Mais:

    OTAN disposta a reforçar sua presença militar na Europa Oriental
    Moscou: 'Reação da OTAN sobre ataque a hospital em Aleppo é caso claro de padrões duplos'
    Kerry: Trump não poderá mudar compromissos entre EUA e OTAN
    OTAN 'deveria aceitar e incentivar' os interesses comuns com Rússia
    Tags:
    defesa, confronto, Guerra Fria, militar, orçamento, segurança, OTAN, Aleksandr Grushko, Varsóvia, País de Gales, Europa, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik