10:03 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Integrantes do Conselho de Segurança da ONU

    Rússia e China bloqueiam resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre Aleppo

    © REUTERS/ Eduardo Munoz
    Mundo
    URL curta
    134371531

    Rússia e China bloquearam nesta segunda-feira (5) uma resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a situação humanitária na cidade síria de Aleppo proposta pelo Egito, Espanha e Nova Zelândia.

    O documento foi apoiado por 11 membros do Conselho de Segurança, enquanto Rússia, China e Venezuela, votaram contra. Como Rússia e China são membros-permanentes do Conselho, possuem direito a veto, garantindo a rejeição ao projeto de resolução. 

    "O resultado da votação foi o seguinte: 11 votos a favor, 3 contra e uma abstenção. O projeto de resolução não foi adotado por não ter o número de votos requerido", declarou o presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas. 

    O projeto de resolução pedia uma trégua de sete dias na cidade síria de Aleppo. O argumento da Rússia para o veto é de que o cessar-fogo permitiria aos rebeldes se reagrupar. 

    Moscou afirmou que é necessário mais tempo para consultas entre Washington e Moscou sobre a resolução da crise em Aleppo. 

    Mais:

    Médica russa ferida em bombardeio do hospital russo em Aleppo não sobreviveu
    Jornalista do canal russo RT ficou ferido em bombardeio do hospital de Aleppo
    Duas médicas são mortas, 1 pessoa é ferida após ataque a hospital russo em Aleppo
    Tags:
    situação humanitária, projeto, ajuda humanitária, resolução, ONG Santuário dos Elefantes, ONU, Aleppo, Síria, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik