18:44 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Chanceler chinês Wang Yi

    China exige 'boa-fé' de Trump para não obstruir acordo nuclear com o Irã

    © AP Photo / Ng Han Guan
    Mundo
    URL curta
    261
    Nos siga no

    A implementação do acordo nuclear iraniano não deve ser "afetada por mudanças nas situações domésticas" dos países envolvidos, advertiu o chanceler chinês nesta segunda-feira (5), em meio a ameaças do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, de abandonar o acordo alcançado na administração Obama.

    A implementação do acordo nuclear com Teerã é “responsabilidade e dever conjuntos de todas as partes" e "não deve ser afetado por mudanças nas situações domésticas dos países envolvidos", afirmou o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, em entrevista coletiva com o chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, após reunião em território chinês.

    "O que é importante é honrar compromissos e colocar ênfase na boa-fé quando se trata de diferenças ou possíveis diferenças" sobre o acordo, disse Wang Yi.

    Mais:

    Irã ameaça romper com acordo nuclear se EUA prorrogarem sanções contra Teerã
    Aiatolá ameaça Trump: Irã vai retaliar EUA se acordo nuclear for quebrado
    Analista: Trump pode provocar rompimento de acordo nuclear pelo Irã
    Irã espera que Trump respeite acordo nuclear
    AIEA: Irã cumpre compromissos assumidos em acordo nuclear com potências internacionais
    Tags:
    acordo nuclear, Donald Trump, Mohammad Javad Zarif, Wang Yi, EUA, Irã, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar