22:16 10 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Stand da Roscosmos em evento dedicado à tecnologia espacial (Arquivo)

    Diretor executivo da Roscosmos foi preso e acusado de corrupção

    © Sputnik/ Igor Russak
    Mundo
    URL curta
    41099131

    O diretor executivo da Roscosmos, Vladimir Evdokimov, foi preso nesta quinta-feira, acusado de ter desviado cerca de 3 milhões de dólares norte-americanos da corporação estatal.

    A Corte do Distrito Central (Basmany) de Moscou determinou nesta quinta-feira a prisão, por dois meses, do diretor executivo de controle de qualidade da Roscosmos, Vladimir Evdokimov, que está sendo acusado de ter desviado 200 milhões de rublos (cerca de 3 milhões de dólares) da empresa, informou a agência RIA Novosti.

    Se for considerado culpado, o executivo pode pegar a pena de 10 ano de prisão. 

    Segundo a acusação, o diretor da corporação desviou recursos da MiG (Mikoyan), empresa do grupo Roscosmos. Evdokimov se declarou inocente.

    A prisão de Evdokimov não foi um caso isolado. Mais cedo, no âmbito do mesmo processo penal, foram presos: o ex-diretor da subsidiária da MiG, MiG-Rost, Aleksei Ozerov, e o vice-diretor geral da PSC Tupolev, Egor Noskov. Eles estão sendo acusados de tomar posse ilegal de diversos prédios no Campo de Khodynka, no noroeste de Moscou, no início dos anos 2000. O grupo teria vendido e alugado os prédios durante os últimos dez anos.

    Mais:

    Ministro da Economia da Rússia é posto em prisão domiciliar por acusações de suborno
    Ministro da Economia da Rússia é preso por suspeita de corrupção
    Putin conduz reunião sobre problema da corrupção na Rússia
    Tags:
    corrupção, Tupolev, MiG, Roscosmos, Aleksei Ozerov, Egor Noskov, Vladimir Evdokimov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco