18:18 04 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Drone RQ-4 Global Hawk

    Segurança ou ameaça? Drones dos EUA vão sobrevoar República Tcheca

    © AP Photo/ Northrop Grumman via U.S. Navy, Erik Hildebrandt
    Mundo
    URL curta
    81581100

    Especialista em defesa tcheco falou à Sputnik sobre os risco do aparecimento de drones norte-americanos nos céus da República Tcheca.

    Drones norte-americanos Global Hawk irão começar a realizar voos sobre o território da República Tcheca a partir do dia 1° de janeiro de 2017. Autoridades garantem que as operações terão o objetivo de proteger o território dos países da OTAN

    Segundo o acordo feito com o gabinete de ministros tcheco em outubro deste ano, os veículos não-tripulados da OTAN farão operações com sistemas de monitoramento desligados e armas desativadas.  

    "Nós somos parte da OTAN, os drones da Aliança defendem também o nosso território", havia declarado o ministro da Defesa da República Tcheca, Martin Stropnitsky, ao antecipar possíveis questionamentos relacionados com as operações de drones norte-americanos em seu território. 

    Vale lembrar que atualmente os drones Global Hawk são usados pela OTAN para monitoramento de territórios ocupados pelo Daesh (Estado Islâmico) na Síria e no Iraque. O chefe da "Associação Militar de Reserva tcheca para a paz", especialista em defesa, coronel Ivan Kratochvil, falou à Sputnik Tcheca se o país fica realmente mais seguro com os drones Global Hawk sobrevoando seu território. 

    "Eu receio que para Martin Stropnitsky (ministro da Defesa) é mais adequado o cargo de ministro da Cultura, não ministro da Defesa. Como ator, ele desempenha bem as suas performances, mas do ponto de vista profissional, ele constantemente não sabe do que está falando", declarou o especialista à Sputnik. 

    "O uso de equipamento militar de países estrangeiros no território da República Tcheca é de responsabilidade do governo e do parlamento do país. No entanto, os voos de drones tem uma exclusividade, uma vez que podem reduzir significativamente a segurança do transporte aéreo. A questão não é sequer se se serão incluídos sistemas de busca nas aeronaves. Na maioria das vezes não é possível nem determinar se um sistema de vigilância ótica está ativado em um drone", disse Kratochvil. 

    Segundo ele, o principal problema das operações dos drones está nas possíveis violações do tratado internacional de aviação civil da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), que se aplica ao mundo todo. 

    O especialista comenta que a autorização para voos de drones no espaço aéreo da República Tcheca, independentemente de quem os opera, "coloca em risco a vida de milhares de pessoas todos os dias, que diariamente são transportadas por diferentes companhias aéreas sobre o território do nosso país". 

    "Este risco não se justifica e demonstra a incapacidade do governo tcheco de garantir a segurança dos nossos cidadãos. Do ponto de vista do bom senso o aparecimento de drones só pode ter uma motivação — assegurar a possibilidade de uma ação militar no território de nosso país", concluiu. 

    Mais:

    Guerra eletrônica: dispositivos russos vs. drones americanos
    Drones suspeitos interrompem manobras militares na Suécia
    Obama ordena envio de mais drones para a Síria
    'China progride no palco político usando drones'
    Tags:
    território, veículo aéreo não tripulado, aviação civil, espaço aéreo, drone, ameaça, segurança, RQ-4 Global Hawk, OTAN, Europa Central, República Tcheca, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Todos os comentários

    • dal.molin
      É um risco para a aviação. Queria conhecer o Leste Europeu, agora ao menos já sei para onde não ir!
    • Julio Cesar
      Só quero ver se der problema se vão culpar a Rússia. Pode ser essa a estrategia da OTAN/EUA, já que a República Tcheca é meio relutante em seguir o discurso de ir contra os Russos.
    Mostrar comentários novos (0)

    Em foco