22:12 10 Dezembro 2016
Ouvir Rádio
    Pessoas correm em pânico no bairro Tahrir, Mossul, Iraque, 17 de novembro, 2016

    Iraque: 3 mil pessoas conseguiram fugir do Daesh em Mossul

    © REUTERS/ Goran Tomasevic
    Mundo
    URL curta
    457710

    Nas últimas 24 horas, mais de três mil residentes de Mossul conseguiram deixar os bairros controlados por mais de dois anos pelos terroristas do Daesh, revelou à agência Sputnik o prefeito da cidade, Husein Hagim.

    Segundo o prefeito, o fluxo de pessoas, vindas dos bairros ocupados por terroristas, não para. As autoridades da cidade estão providenciando alojamento para os recém-chegados. O acampamento de emergência para refugiados, montado com barracas, não consegue absorver todas as pessoas. Faltam lugares. Além disso, os médicos não estão conseguindo atender todos os necessitados. Os terroristas continuam ocupando o oeste da cidade e bloqueiam o fornecimento de produtos de primeira necessidade. Os preços de alimentos subiram em Mossul. Falta água, medicamentos e combustíveis.

    Hussein Hagim afirmou que estes são os tempos mais difíceis para a população da cidade. Todos aguardam a completa liberação de Mossul pelas forças do exército iraquiano. 

    A operação para libertação de Mossul dos terroristas do Daesh, que ocuparam a cidade em 2014, acontece desde 17 de outubro.

    Mais:

    Vice-chanceler russo: expulsão de terroristas de Mossul e Raqqa é imprescindível
    Daesh prende lojistas por aumentarem preços em Mossul
    Unidades iraquianas libertam mais de 600 mil residentes de Mossul
    Moscou: coalizão liderada pelos EUA negligencia civis em Mossul
    Tags:
    Daesh, Hussein Hagim, Iraque, Mossul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Em foco