23:26 12 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    921
    Nos siga no

    O presidente Venezuelano, Nicolas Maduro, anunciou nesta segunda-feira (28) que enviará uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para pedir a revogação do decreto que define a Venezuela como uma "ameaça extraordinária".

    "Esperamos que a oposição apoie publicamente a carta que vou enviar ao presidente Obama, e que seja entregue em suas próprias mãos nas próximas horas", declarou o presidente Nicolas Maduro. 

    O chefe de Estado Venezuelano afirmou que esta missão receberá o nome do embaixador da Venezuela na Organização dos Estados Americanos (OEA), Bernardo Alvarez, que faleceu no último dia 25 de novembro.

    "Assumimos compromissos para avançar, tentar que o presidente Obama escute a verdade da Venezuela e revogue antes de sair do poder o decreto que considera nossa pátria uma ameaça incomum à política dos Estados Unidos", acrescentou.   

    Mais:

    Alto diplomata dos EUA é enviado à Venezuela para se reunir com Maduro
    Ação arriscada: Venezuela acusa EUA de invadirem espaço aéreo do país
    Maduro falou sobre novo ataque dos EUA contra Venezuela
    Tags:
    mandato, segurança, ameaça, decreto, Organização dos Estados Americanos (OEA), Barack Obama, Nicolas Maduro, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar