09:59 16 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o líder das FARC, Rodrigo Londono, assinam novo acordo de paz em 24 de novembro, 2016.

    Colômbia e FARC assinam novo acordo de paz

    © AFP 2017/ Luis Robayo
    Mundo
    URL curta
    336125

    O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, e o líder das FARC, Rodrigo Londono Echeverri, também conhecido como 'Timochenko', assinaram nesta quinta-feira (24) um novo acordo de paz em uma cerimônia no Teatro Colón, em Bogotá.

    O acordo de paz original foi rejeitado pelo povo da Colômbia em um referendo no mês passado.

    O novo documento contém cerca de 60 alterações. Desta vez, entretanto, o acordo não será sujeito à opinião pública via referendo.

    No momento em que assinaram o acordo e apertaram as mãos, o público presente aplaudiu de pé e gritou o lema da campanha a favor do novo acordo "Si si Pudo!" ("sim, é possível", em português). 

    ​As FARC foram formadas em 1964 como a ala militar do Partido Comunista da Colômbia. A guerra de meio século entre as FARC e o governo colombiano custou a vida de mais de 250 mil pessoas. Os dois lados começaram as negociações de paz em novembro de 2012.

    Em 7 de outubro, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelos esforços para acabar com a guerra civil no país.

    Mais:

    Uribe rejeita novo acordo de paz entre Colômbia e FARC
    Colômbia já tem data para assinatura do novo acordo de paz com as FARC
    Dois guerrilheiros das FARC mortos em combate, diz governo colombiano
    Oposição começa a analisar novo acordo de paz entre as FARC e governo da Colômbia
    Tags:
    referendo, guerra civil, conflito, negociações, acordo de paz, guerrilha, FARC, Rodrigo Londoño, Juan Manuel Santos, Colômbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik