13:43 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA

    Ataque aéreo dos EUA matou líder sênior da Al-Qaeda na Síria

    © Sputnik/ David B. Gleason
    Mundo
    URL curta
    150913

    Um ataque aéreo dos EUA em 18 de novembro matou o líder sênior da organização terrorista Al-Qaeda, Abu Afghan Al-Masri, na Síria. A informação foi divulgada pelo porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Peter Cook, nesta terça-feira (22).

    "Al-Masri foi morto no ataque aéreo de 18 de novembro na Síria rural", disse Cook a repórteres. 

    Ele observou que o terrorista, de nacionalidade egípcia, originalmente se juntou à Al-Qaeda no Afeganistão e depois se transferiu para a filial na Síria. 

    "Ele tinha laços com grupos terroristas operando em todo o sudoeste da Ásia, incluindo grupos responsáveis por atacar forças dos EUA e da coalizão no Afeganistão e aqueles que conspiravam para atacar o Ocidente", disse Cook. 

    Foi ressaltado também que os Estados Unidos estão "profundamente preocupados" com os relatos de uso de armas químicas em Aleppo. 

    O uso de armas químicas está se tornando cada vez mais frequente na Síria. Na segunda-feira (21), pelo menos 30 militares sofreram intoxicações de diversos graus após um ataque na cidade de Aleppo.

    Tags:
    terrorista, líder, ataque aéreo, morte, coalizão, Pentágono, Al-Qaeda, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik