19:17 21 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Soldados sauditas na fronteira entre a Arábia Saudita e o Iêmen

    Coalizão, liderada pela Arábia Saudita, declara cessar-fogo no Iêmen

    © AFP 2018 / AYEZ NURELDINE
    Mundo
    URL curta
    350

    A coalizão internacional, liderada pela Arábia Saudita, anunciou um cessar-fogo de 48 horas no Iêmen, a partir deste sábado, informou a agência Reuters, citando a imprensa local.

    “Foi tomada a decisão de iniciar um cessar-fogo de 48 horas, a partir das 12:00 no horário local”, cita a agência o anúncio da coalizão.

    Segundo a agência, a coalizão destacou que pode ampliar o cessar-fogo, se os rebeldes houthis cumprirem os compromissos assumidos e permitirem o acesso de ajuda humanitária às regiões sitiadas. 

    O conflito armado no Iêmen acontece desde 2014. De um lado estão os rebeldes houthis, do movimento xiita Ansar Allah, que contam com apoio das tropas leais ao ex-presidente do país, Ali Abdullah Saleh. Do outro, as forças do governo e as milícias leais ao atual presidente, Abd Rabbuh Mansur Hadi. Desde março de 2015, a coalizão saudita formada principalmente por países do Golfo Pérsico vem realizando ataques aéreos contra os rebeldes, a pedido de Hadi.

    Mais:

    Embaixador saudita nos EUA diz que bombardear o Iêmen é como 'bater na esposa' (VÍDEO)
    ONU é alvo de protestos em massa no Iêmen por 'cumplicidade' com bombardeios sauditas
    Mísseis do Iêmen atingem civis na Arábia Saudita
    OMS pede US$ 22 milhões para combater epidemia de cólera no Iêmen
    HRW: EUA não entraram agora na guerra do Iêmen - estão lá desde o início
    Tags:
    cessar-fogo, Houthis, Arábia Saudita, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik