17:21 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente turco Recep Tayyip Erdogan discursa na cerimônia de entrega de prêmios em Ancara, Turquia, 3 de novembro de 2016

    Erdogan disse estar decepcionado com a posição dos EUA sobre a Síria

    © AFP 2019 / ADEM ALTAN
    Mundo
    URL curta
    13210
    Nos siga no

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou o presidente dos EUA, Barack Obama, e o seu vice, Joe Biden, de demonstrarem uma abordagem “pouco séria” para uma solução dos problemas na Síria.

    Em entrevista ao programa “60 minutos” da emissora CBS, Erdogan declarou que a guerra na Síria provocou ameaça à segurança nas fronteiras do sul da Turquia, minou as capacidades defensivas de Ancara e resultou em 3 milhões de refugiados sírios em território turco. 

    “Estamos respondendo a esses problemas. Discutimos isso com o presidente Obama e com o vice-presidente Biden. Eles demonstraram não estar a altura desta situação e não lograram uma abordagem séria à estas questões. Foi algo bastante decepcionante para nós”, lamentou Erdogan. Ele também se declarou decepcionado com a posição dos EUA sobre a situação na Síria. 

    Além disso, Erdogan teceu críticas aos EUA pela demora no processo de extradição para a Turquia do clérigo Fethullah Gulen, considerado por ele o responsável pela tentativa de golpe no país, em julho deste ano.

    Mais:

    Erdogan acusa Ocidente de apoiar Daesh para descreditar islã
    Milhares de curdos marcham em toda a Europa contra Erdogan
    Erdogan: 'Mossul pertence à Turquia historicamente'
    Pressão de Erdogan sobre Obama: uma base aérea pela extradição do clérigo Gulen
    Tags:
    CBS, Joe Biden, Barack Obama, Recep Tayyip Erdogan, EUA, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar