05:52 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Diretor de Inteligência Nacional dos EUA, James R. Clapper

    Chefe da Inteligência dos EUA renuncia ao cargo

    © AFP 2019 / BRENDAN SMIALOWSKI
    Mundo
    URL curta
    10100
    Nos siga no

    O Diretor Nacional de Inteligência dos EUA, James Clapper, anunciou a sua renúncia nesta quinta-feira (17) durante uma Audiência da Comissão de Inteligência da Câmara Baixa.

    "Eu apresentei a minha carta de demissão na noite passada o que fez me sentir muito bem", afirmou Clapper, acrescentando que ainda tem 64 dias no cargo. 

    Foi a primeira renúncia de um funcionário de alto escalão da área de segurança do governo Obama após a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 8 de novembro.

    O Diretor da Inteligência Nacional chegou a comentar os ciberataques contra servidores dos EUA alegadamente realizados por hackers russos, afirmando que "não espera uma mudança significativa do comportamento russo" quando Trump assumir a presidência. 

    Responsável por coordenar o trabalho de 17 agências de inteligência, como a Agência Central de Inteligência (CIA) e a Agência de Segurança Nacional (NSA), Clapper esteve seis anos à frente do cargo.


    Mais:

    Falcão de guerra John McCain a Trump: não se pode ser amigo da Rússia
    Donald Trump visitará a Rússia após assumir presidência nos EUA
    Corrigindo os erros: sistema eleitoral dos EUA pode mudar
    Enquete: mídia dos EUA influenciou eleições presidenciais
    Tags:
    ciberataque, renúncia, demissão, eleições, Inteligência Nacional dos EUA, CIA, Agência Nacional de Segurança (NSA), Donald Trump, James R. Clapper, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar