04:03 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 02
    Nos siga no

    Um militante do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), proibido na Turquia, foi morto em uma troca de tiros com a polícia turca na cidade de Antalya, segundo informações da mídia local.

    O tiroteio aconteceu às 22h (horário local) nesta quarta-feira (16), após combatentes do PKK terem disparado fogo contra oficiais da polícia no distrito de Konyalalti, afirma o jornal turco Haberturk. 

    Segundo relatos, um militante do PKK se explodiu segurando uma granada na mão. Outro membro da organização foi ferido e posteriormente detido.

    O incidente ocorre dois dias depois de um ataque de homens não identificados matar um agente de segurança turco no mesmo bairro.

    As tensões entre Ancara e os curdos se intensificaram em julho de 2015, quando um acordo de cessar-fogo entre o PKK e a Turquia foi quebrado uma série de vezes por ataques terroristas, supostamente cometidos pelo PKK. 

    Mais:

    Ancara diz que União Europeia deve combater PKK ao invés da justiça turca
    Turquia: PKK reivindica assassinatos de funcionários do partido de Erdogan
    PKK derruba caça F-16 da Turquia
    Turquia mata 27 militantes curdos do PKK
    Ataque de caminhão-bomba em Cizre matou 118 policiais turcos, segundo curdos do PKK
    Dois ataques a bomba do PKK matam 7 civis no sudeste da Turquia
    Tags:
    terrorista, escalada, tensão, polícia, confronto, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), PKK, Curdistão, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar