20:43 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira nacional síria perto de uma igreja ortodoxa no bairro cristão da cidade de Aleppo, Síria, 12 de agosto de 2016

    União Europeia estende sanções contra autoridades sírias

    © Sputnik/ Mikhail Alaeddin
    Mundo
    URL curta
    202

    O Conselho da União Europeia acrescentou nomes de 17 novos ministros e do presidente do Banco Central da Síria à lista de sanções adotada pelo bloco europeu contra o regime sírio.

    A informação foi prestada hoje (14), através de um comunicado oficial, pelo serviço de imprensa do Conselho. De acordo com a nota, essas pessoas “são responsáveis por repressões cruéis contra o povo da Síria”.

    Com mais esta medida, o número de cidadão sírios proibidos de pisar em território europeu e que tiveram seus bens bloqueados em países-membros da UE aumentou para 234 pessoas.

    Em maio deste ano, o Conselho estendeu as medidas restritivas da UE contra o regime sírio até 1 de junho de 2017. As sanções europeias, adotadas tanto contra pessoas físicas como jurídicas, incluem um embargo petrolífero, o congelamento de ativos e restrições a exportações e viagens.

    Tags:
    sanções, Conselho da UE, Síria, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik