05:20 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    Pelo menos 43 pessoas morreram e cerca de 100 ficaram feridas em uma explosão no santuário de Shah Noorani, na província paquistanesa do Baluchistão.

    ​De acordo com uma testemunha, a explosão ocorreu durante o ritual Sema (dança sufi) no interior do santuário, que é frequentado por um grande número de devotos. Calcula-se que pelo menos 500 pessoas estavam presentes no edifício no momento do ataque.

    "Pelo menos 43 pessoas foram mortas e dezenas de outras ficaram feridas", disse o ministro do Interior da província do Baluchistão, Sarfraz Bugti, em entrevista coletiva na cidade de Gwadar, no sudoeste do país. Teme-se que o número de mortos possa subir, já que muitos dos feridos estão em estado crítico. Entre as vítimas, há várias mulheres e crianças.

    Esta é a segunda explosão mortal no Baluchistão em menos de três semanas. Em 24 de outubro, pelo menos 60 recrutas da polícia foram mortos e mais de 100 ficaram feridos após a detonação de uma bomba em uma academia de polícia, ação que mais tarde foi reivindicada pelo grupo terrorista Daesh (autodenominado Estado Islâmico).

    Mais:

    Daesh assume responsabilidade por ataque que matou 59 pessoas no Paquistão
    Dezenas de mortos em ataque a academia de polícia no Paquistão (VÍDEO)
    Ataque contra mesquita no Paquistão faz 16 mortos
    Tags:
    dhamal, sufi, dança, santuário, mortos, bomba, explosão, ataque, Shah Noorani, Baluchistão, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar