11:52 20 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    412
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, declarou nesta sexta-feira (11) que acredita que as sanções ocidentais contra Moscou irão permanecer sem alterações até 2019.

    "Sejam quais forem os resultados das eleições em qualquer país […], nossas estimativas permanecem constantes, em particular sobre a manutenção das sanções", disse Medevedev a jornalistas. 

    O primeiro-ministro observou que os prognósticos realizados pelo Gabinete de Ministros da Rússia para 2017, 2018 e 2019 levam em conta a manutenção das sanções

    Na última quinta-feira (10), diplomatas europeus afirmaram que a eleição do republicano Donald Trump à presidência dos EUA pode atrapalhar a manutenção das sanções da União Europeia contra a Rússia, tendo em vista a perspectiva de melhora nas relações entre Moscou e Washington após a posse do presidente eleito. 

    Os Estados Unidos, a União Europeia e alguns dos seus aliados impuseram várias rodadas de sanções restritivas contra Moscou, visando setores chave da economia russa, bem como um certo número de indivíduos e entidades. 

    As sanções foram impostas após a reunificação da Crimeia com a Rússia e do suposto envolvimento de Moscou no conflito na Ucrânia, que começou quando Kiev lançou uma operação militar na regiões orientais do país em abril de 2014. A Rússia tem repetidamente refutado as alegações.


    Mais:

    Parlamento da Bélgica volta a debater abolição das sanções anti-russas
    Trump pode atrapalhar manutenção das sanções da UE contra Rússia
    Savchenko escreve carta a Trump para aumentar sanções contra a Rússia
    União Europeia amplia lista de sanções contra a Rússia
    Bloomberg: EUA esgotaram possibilidades para introduzir sanções contra Rússia
    Tags:
    economia, previsão, restrições, eleições, sanções, Donald Trump, Dmitry Medvedev, Ucrânia, Crimeia, Ocidente, União Europeia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar