10:21 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    U.S. President-elect Donald Trump greets supporters during his election night rally in Manhattan, New York, U.S., November 9, 2016

    'Trump não mudará relações com o Brasil', diz embaixador brasileiro nos EUA

    © REUTERS / Mike Segar
    Mundo
    URL curta
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)
    920
    Nos siga no

    O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Sergio Amaral, afirmou nesta sexta-Feira (11) que as relações entre Brasil e EUA não vão sofrer mudanças com o novo presidente eleito, Donald Trump.

    "Pode haver ênfase em um aspecto ou outro, mas as relações [entre os dois países] são elementos de continuidade", disse o embaixador, em entrevista ao programa Revista Brasil, transmitido pela Rádio Nacional de Brasília e pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro. 

    Segundo ele, o bom relacionamento entre Brasil e EUA é vantajoso para ambos os países, acrescentando que "as relações entre Brasil e os Estados Unidos são sólidas, de amizade e de cooperação". 

    Sérgio Amaral destacou a boa perspectiva para as relações econômicas entre os dois países, observando que empresas americanas que ainda não entraram no país querem investir no Brasil, assim como empresas que já estão há décadas no mercado brasileiro querem aumentar os investimentos. 

    Ao comentar as polêmicas do candidato republicano durante a campanha eleitoral da presidência dos EUA, o diplomata ressaltou que o Brasil não fez parte de nenhum problema mencionado no período eleitoral. 

    "Ao contrário, somos parte de uma solução, temos intercâmbios importantes e os Estados Unidos têm superávit conosco", completou.    

    O republicano Donald Trump venceu a corrida presidencial dos EUA em 8 de novembro, conquistando o voto de 290 delegados contra 232 da democrata Hillary Clinton. O presidente eleito assumirá o cargo em 20 de janeiro de 2017. 


    Tema:
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)

    Mais:

    Presidente da República Tcheca pode organizar cúpula Trump-Putin
    É pouco provável que Trump consiga se tornar o novo Ahmadinejad, afirma especialista
    Exigências de Trump em relação à OTAN 'são muito difíceis para os países da UE'
    Logo após vitória de Trump, China começa 'jogo delicado' para ultrapassar EUA na Ásia
    Urso polar que previu vitória de Trump vira novo 'profeta' e recebe bolo
    Votando em Trump eleitores escolheram acabar com 'financiamento do terrorismo' dos EUA
    Tags:
    investimento, cooperação, republicanos, presidente, relações, eleições, Partido Republicano, Sérgio Amaral, Donald Trump, Brasil, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar