17:11 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1515
    Nos siga no

    A União Europeia acrescentou novas pessoas à lista de sanções contra cidadãos russos e ucranianos acusados de comprometer a integridade territorial da Ucrânia. A informação é de uma fonte do Conselho da União Europeia à RIA Novosti.

    "Novos nomes foram adicionados à lista de sanções", disse a fonte. 

    De acordo com a informação, a decisão estava na agenda do Conselho das Relações Econômicas e Financeiras. Atualmente, a lista compreende 146 pessoas físicas e 73 entidades jurídicas.

    Os Estados Unidos, a União Europeia e alguns dos seus aliados impuseram várias rodadas de sanções restritivas contra Moscou, visando setores chave da economia russa, bem como um certo número de indivíduos e entidades. 

    As sanções foram impostas após a reunificação da Crimeia com a Rússia e do suposto envolvimento de Moscou no conflito na Ucrânia, que começou quando Kiev lançou uma operação militar na regiões orientais do país em abril de 2014. A Rússia tem repetidamente refutado as alegações.

    Mais:

    Bloomberg: EUA esgotaram possibilidades para introduzir sanções contra Rússia
    Biden e Poroshenko insistem em manutenção das sanções antirrussas
    Por que Renzi se opôs a novas sanções contra Rússia depois de visitar Washington?
    Moscou prepara resposta assimétrica às sanções dos EUA
    Tags:
    Rússia, Ucrânia, EUA, União Europeia, Crimeia, sanções, conflito, restrições
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar