19:24 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Polícia turca usando gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes (foto de março de 2016)

    Polícia turca ataca manifestantes em Istambul após prisão de jornalistas da oposição

    © REUTERS/ Selahattin Sevi/Zaman Daily
    Mundo
    URL curta
    413

    A polícia turca usou gás lacrimogêneo e canhões d'água neste sábado (5) contra uma multidão de manifestantes que exigiam a libertação de jornalistas e editores do jornal de oposição Cumhuriyet em Istambul.

    ​Unidades policiais estão a tentar impedir os manifestantes de entrar no escritório do jornal, segundo relata a Reuters.

    O protesto no centro de Istambul ocorreu horas depois de as autoridades turcas terem ordenado a prisão formal de nove funcionários do Cumhuriyet e detido mais funcionários pró-curdos, ampliando uma investigação supostamente antiterrorista que tem atraído muitas críticas do Ocidente. 

    Na sexta-feira (4), os co-líderes do Partido Democrático dos Povos (HDP), da oposição pró-curda, também foram presos sem julgamento.

    Mais:

    Turquia mantém bloqueio a todas as redes sociais
    Turquia bloqueia redes sociais após detenção de líderes curdos da oposição
    Líderes e deputados do partido curdo são detidos na Turquia
    Tags:
    protestos, antiterrorismo, jornal, oposição, prisão, violência, gás lacrimogêneo, polícia, manifestantes, curdos, Partido Democrático do Povo (HDP), Cumhuriyet, Istambul, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik