08:27 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    As sequências de ataque aéreo saudita no Iêmen

    Ataque da coalizão saudita mata 30 rebeldes no Iêmen

    © AP Photo/ Hani Mohammed
    Mundo
    URL curta
    103

    Ataques da coalizão liderada pela Arábia Saudita neste sábado (29) atingiram um prédio de segurança controlado pelos rebeldes no Iêmen, matando pelo menos 30 prisioneiros e insurgentes, disseram autoridades militares.

    Os dois ataques aéreos destruiram o edifício na região de Zaidia, ao norte da cidade portuária ocidental de Hodeidah, que abrigava uma prisão com mais de 40 presos, a maioria deles adversários dos rebeldes houthis. 

    Na semana passada, o enviado especial da ONU para o Iêmen, Ismail Ould Cheikh Ahmed, pediu a todas as partes envolvidas no conflito no Iêmen para estender a trégua das hostilidades

    O Iêmen se encontra mergulhado em um grande conflito desde 2014, com forças houthis aliadas do ex-presidente Ali Abdullah Saleh combatendo contra tropas leais ao presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, apoiado por uma coalizão militar de países árabes liderada pela Arábia Saudita.

     

    Mais:

    ONU é alvo de protestos em massa no Iêmen por 'cumplicidade' com bombardeios sauditas
    Coalizão saudita retoma ataques aéreos no Iêmen apesar de apelos da ONU
    Reino Unido treinou pilotos sauditas que participaram do ataque no Iêmen
    Pentágono: em outubro, EUA eliminaram 8 membros da Al-Qaeda no Iêmen
    Tags:
    trégua, mortos, terroristas, ataque, houthis, rebeldes, ONU, Arábia Saudita, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik