06:22 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Militantes do Daesh em Mossul, Iraque (junho de 2014)

    Daesh reivindica autoria de ataque à embaixada dos EUA em Nairobi

    © REUTERS/ Stringer/File Photo
    Mundo
    URL curta
    722

    O grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico, proibido na Rússia) reivindicou a autoria do ataque realizado contra um policial em frente à embaixada dos EUA em Nairobi, Quênia, na semana passada.

    Segundo a agência Reuters, citando fontes próximas ao grupo terrorista, o homem que atacou um agente policial do lado de fora da embaixada norte-americana era um membro do grupo terrorista Daesh que estava seguindo ordens de atacar países da coalizão.

    Na última quinta-feira, meios de comunicação relataram que um homem tentou atacar com uma faca um dos seguranças da entrada da embaixada norte-americana, sendo atingido com tiros em seguida. 

    Posteriormente, o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, confirmou a informação de que os diplomatas americanos não haviam ficado feridos com o incidente. 

    Mais:

    Moradores de aldeias libertadas do Daesh falam sobre vida durante comando terrorista
    Forças de autodefesa do Iraque tomam controle sobre principal sede do Daesh
    Departamento de Defesa dos EUA: Daesh planeja atacar países ocidentais
    Dois norte-americanos são presos na Tunísia por ligações com Daesh
    Tags:
    coalizão internacional, embaixada, ataque, terroristas, Estado Islâmico, Daesh, EUA, Quênia, Nairobi
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik