00:37 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O exército sírio e seus aliados em Al-Badiyah

    Exército sírio elimina 500 terroristas em 24 horas

    © Sputnik/ KHALED AL-KHATEB
    Mundo
    URL curta
    44342

    O Exército sírio e as forças de autodefesa do país, após repelir ataques de grupos radicais no sudoeste de Aleppo, eliminaram 500 terroristas, deixando outros mil feridos. A informação foi divulgada pelo canal libanês Al-Mayadeen, citando fontes.

    Não foram relatados dados oficiais através de representantes do Exército da Síria. 

    Refugiados do bairro 1070, no sudoeste de Aleppo (Arquivo)
    © Sputnik/ Michael Alaeddin
    Segundo o canal, os militantes foram mortos durante a primeira onda da ofensiva, que começou na manhã de sexta-feira. 

    Neste sábado (29), os terroristas organizaram uma segunda onda da ofensiva, no bairro de Az-Zakhra. O exército e as forças de autodefesa conseguiram repelir o ataque. No entanto, no bairro de Al-Asad, onde se encontra a academia militar, os combates continuaram. Durante a ofensiva, os terroristas usaram carros-bomba e ataques suicidas. 

    De acordo com a inteligência militar, durante alguns dias da pausa humanitária mais de 8 mil rebeldes foram transferidos para o bairro de Khan Tuman no sul e para Kafr-Hamra, no norte. Os terroristas vem tentando romper o cerco de Aleppo. 

    Mais:

    Radicais lançam ofensiva em Aleppo
    Putin estende a mão aos EUA, ao prorrogar a pausa humanitária em Aleppo
    EUA defendem continuação das pausas humanitárias em Aleppo
    Ataque terrorista mata 15 e deixa 150 feridos em Aleppo
    Tags:
    pausa humanitária, mortes, ofensiva, terroristas, terrorismo, Exército Árabe Sírio, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik