02:27 11 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

    Procuradora-Geral da Venezuela: parlamento não pode abrir processo de impeachment

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Mundo
    URL curta
    24122
    Nos siga no

    A Assembleia Nacional da Venezuela, com a maioria da oposição, não possui mandato para a realização do processo de impeachment do presidente Nicolás Maduro, declarou a Procuradora-Geral do país latino-americano, Luísa Ortega Díaz.

    "Isso (processo de impeachment) não existe em relação ao presidente, além disso, não é possível nem apresentar voto de desconfiança ao presidente, pois isso só está previsto para o vice-presidente e os ministros, nunca contra o presidente. Pois assim está na constituição", declarou Ortega Díaz, cujas palavras foram citadas pela emissora Venevision.

    Mais cedo, a ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, declarou que a realização do processo de impeachment contra o presidente Nicolás Maduro não está previsto pela lei, pois esse conceito jurídico "não existe na constituição do país".

    Mais:

    Parlamento da Venezuela aprova início do julgamento político contra Maduro
    Assembleia Nacional declara 'golpe de Estado' de Maduro na Venezuela
    Capriles e outros 7 opositores são proibidos de sair da Venezuela
    Tags:
    impeachment, Assembleia Nacional da Venezuela, Luísa Ortega Díaz, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar