03:52 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1484
    Nos siga no

    O presidente sírio, Bashar Assad, resolveu estender a validade do decreto sobre a anistia para militantes que decidirem abandonar as armas na guerra civil em curso no país, segundo informou o gabinete presidencial nesta quinta-feira (27).

    De acordo com o decreto assinado em julho, os militantes armados estariam isentos de responsabilidade caso se rendam e entreguem suas armas às autoridades judiciais ou policiais da Síria. 

    O novo documento estende a "validade do decreto número 15 emitido em 28 de julho de 2016 por mais três meses", disse o gabinete presidencial.

    Mais:

    Assad oferece anistia para rebeldes desistirem de Aleppo
    Presidente da Síria anuncia anistia aos militantes
    Putin e Assad falam por telefone sobre pausa humanitária em Aleppo
    Assad: Nossa missão é expulsar terroristas de Aleppo para proteger os civis
    Tags:
    armas, militantes, prazo, anistia, decreto, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar