23:20 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Exercícios da OTAN na Lituânia

    Tropas da OTAN realizam exercícios 'Piranha do Báltico' nas fronteiras russas (VÍDEO)

    © AP Photo/ Mindaugas Kulbis
    Mundo
    URL curta
    212764314

    A OTAN está conduzindo neste mês de outubro os exercícios conjuntos "Piranha do Báltico", perto da cidade de Pabrade, ao norte de Vilnius, capital da Lituânia. Cerca de 350 soldados de Luxemburgo, Bélgica e EUA participam das manobras militares em conjunto com as Forças Armadas do país báltico, que faz fronteira com a região russa de Kaliningrado.

    Os militares simularam a liberação de edifícios do governo e de infraestruturas tomadas por grupos armados. 

    A Aliança do Atlântico Norte está programando implementar o que chama de sua "força de dissuasão" na região do mar Báltico para maio de 2017. Em particular, a organização afirmou que no início de 2017 estará pronta para enviar 4.000 soldados dos exércitos ocidentais aos países da costa báltica que fazem fronteira com a Federação Russa.

    ​Cerca de 500 lituanos foram mobilizados nas manobras militares do ano passado, junto com 280 soldados norte-americanos, belgas e luxemburgueses. Apesar dos protestos de Moscou, a OTAN vem expandindo sua presença militar no continente, especialmente nos países do Leste Europeu, usando como pretexto o alegado envolvimento russo na crise da Ucrânia e a suposta "ameaça" representada por Moscou.

    Mais:

    OTAN monitora navios militares russos no Mar Báltico
    OTAN quer responder à instalação de Iskander em Kaliningrado
    Politólogo americano: aproximação da OTAN às fronteiras russas foi um erro
    Presidentes da Lituânia e Estônia compartilham da mesma opinião sobre Rússia
    Lituânia aumenta grau de histeria anti-Rússia devido a seus planos militares
    Tags:
    fronteiras russas, ameaça russa, fronteiras, exercícios militares, tropas, Baltic Piranha, Piranha do Báltico, OTAN, Países Bálticos, Leste Europeu, Luxemburgo, Mar Báltico, Lituânia, Bélgica, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik