18:28 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin at the 58th session of the UN General Assembly

    EUA solicitam aos aliados da OTAN para que votem contra resolução antinuclear

    © Sputnik/ Alexey Panov
    Mundo
    URL curta
    402894321

    Segundo a mídia, os EUA apelaram aos seus aliados da OTAN para que eles votem contra o rascunho de resolução sobre o início das negociações que visam proibir o uso de armas nucleares, e, que também, ignorem as conversações caso comecem em 2017.

    Os EUA apelaram aos seus aliados da aliança transatlântica para que eles votem contra o rascunho de resolução da ONU sobre o início das negociações que buscam proibir o uso de armas nucleares e, mais que isso, para que eles ignorem as conversações caso elas sejam iniciadas em 2017, comunicou a mídia local na quarta-feira (26).

    “Os EUA pedem aos seus aliados e parceiros para não somente se absterem da votação, mas para votarem contra o processo de negociação sobre o acordo que proíbe o uso de armas nucleares. Além disso, se as conversações começarem, apelamos aos aliados e parceiros para que não participem delas”, diz a carta recebida na terça-feira (25) pela agência de noticias japonesa Kyodo

    Comunica-se que a carta é datada de 17 de outubro.

    Segundo diz a agência, se a resolução antinuclear entrar em vigor, isso poderia influir ‘de modo direto’ na hipótese dos EUA realizarem seus compromissos quanto à politica de dissuasão na OTAN e na região do Pacífico e, também, na possibilidade dos aliados e parceiros norte-americanos de participarem das operações conjuntas com potências nucleares.

    Anteriormente, neste mês, o rascunho de resolução sobre o início das negociações para banir as armas nucleares foi apresentado pela delegação australiana e mais alguns Estados não nucleares.

    Conforme a Kyodo, no fim da semana passada, mais de 50 países já tinham expressado seu apoio à iniciativa.

    Espera-se que o rascunho de resolução seja sujeito à confirmação nesta semana, para, que, depois venha a ser considerado durante sessão plenária da Assembleia Geral em dezembro.

    Mais:

    Rússia suspende acordo de cooperação com EUA na área nuclear
    Rússia promete rever cooperação nuclear após promessas dos EUA
    Trump: Programa nuclear norte-americano está atrasado em relação ao russo
    Tags:
    armas nucleares, Assembleia Geral, Kyodo, OTAN, ONU, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik