01:22 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    103
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh (autodenominado Estado Islâmico) reivindicou nesta terça-feira (25) a responsabilidade pelo ataque a uma academia de polícia na cidade paquistanesa de Quetta, no qual homens armados mascarados mataram pelo menos 59 pessoas e feriram mais de 100.

    O ataque foi realizado na segunda-feira (24) por "combatentes do EI", segundo declarou a agência de notícias do grupo terrorista, a Amaq.

    Em agosto, o Daesh reivindicou a responsabilidade por um ataque a um grupo de pessoas em luto em um hospital de Quetta que deixou 70 mortos. No entanto, este ataque também foi reivindicado pela facção paquistanesa do Talibã Jamaat-ur-Ahrar.


    Mais:

    Talibã paquistanês reivindica ataque que massacrou 70 pessoas em hospital de Quetta
    Dezenas de mortos em ataque a academia de polícia no Paquistão (VÍDEO)
    Pelo menos 7 policiais ficaram feridos durante ataque à academia policial no Paquistão
    Jornalista americano: EUA precisam combater Irã e não Daesh
    Tags:
    academia de polícia, ataque terrorista, Estado Islâmico, Talibã, Daesh, Jamaat-ur-Ahrar, Quetta, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar