21:00 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Ofensiva de Mossul (96)
    1140
    Nos siga no

    O Comando Geral das Forças Peshmerga de região do Curdistão anunciou neste domingo (23) a conclusão bem sucedida de seus objetivos na operação militar conduzida a nordeste da cidade iraquiana de Mossul.

    "Por volta das 12:00h [09:00 GMT], as Forças Peshmerga tinham alcançado o seu objetivo primordial em uma operação em grande escala perto de Bashiqa, nordeste de Mossul, para isolar oito aldeias numa área de aproximadamente 100 quilômetros quadrados. A retumbante operação bem sucedida de hoje, que foi completada antes do tempo, posiciona as Forças Peshmerga a menos de 9 km da periferia de Mossul", disse o comando da milícia curda em um comunicado divulgado no Twitter. 

    ​A declaração afirma que os combatentes Peshmerga liberaram um trecho significativo de uma autoestrada que liga Mossul à cidade de Bashiqa, limitando a liberdade de movimento dos terroristas do Daesh (autodenominado Estado Islâmico). 

    O Comando acrescentou ainda que os curdos conseguiram matar dezenas de terroristas neste domingo, incluindo Abu Faruq, conhecido como o “emir de Bashiqa”.

    ​ Em 17 de outubro, o primeiro-ministro iraquiano, Haider Abadi, anunciou o início da operação militar para liberar Mossul do controle do Daesh. Segundo a mídia local, cerca de 30 mil soldados iraquianos e 4 mil efetivos das unidades peshmerga participam da operação, apoiada pela coalizão internacional liderada pelos EUA, que realiza ataques aéreos.

    Tema:
    Ofensiva de Mossul (96)

    Mais:

    Operação em Mossul provocará certas dificuldades a Assad e seus aliados
    Forças iraquianas avançam a nordeste de Mossul
    Ministro turco: Mossul pode servir de pretexto para a Terceira Guerra Mundial
    Tags:
    ofensiva, batalha, curdos, terroristas, Daesh, Peshmerga, Estado Islâmico, Bashiqa, Curdistão iraquiano, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar