14:20 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Representantes dos EUA responsabilizaram Moscou pela não entrega da ajuda à população da cidade

    Churkin: Rússia não está impedindo entregas de ajuda humanitária em Aleppo

    © AFP 2019 / Omar haj kadour
    Mundo
    URL curta
    3102
    Nos siga no

    A Rússia não está, de maneira alguma, proibindo a entrega de ajuda humanitária no leste de Aleppo, garantiu nesta quarta-feira o embaixador russo nas Nações Unidas, Vitaly Churkin, em resposta a acusações feitas por autoridades norte-americanas.

    "Representantes dos Estados Unidos alegaram que poderia ser a Rússia quem estava impedindo a entrega de ajuda humanitária à população do leste de Aleppo. Isso não é verdade", declarou Churkin em reunião no Conselho de Segurança da ONU

    Segundo o embaixador russo, os grupos que tomaram os habitantes como reféns em Aleppo que "se recusaram a receber suprimentos das Nações Unidas nas partes orientais da cidade", não a Rússia. 

    Mais cedo, o vice-embaixador dos EUA na ONU, David Pressman, afirmou que a pausa humanitária adotada pelos russos em Aleppo teria atrapalhado a entrega de comida e itens básicos de sobrevivência à população:

    "A falta de vontade da Rússia para coordenar essa trégua unilateral com as Nações Unidas e outros parceiros impede os parceiros humanitários de organizar qualquer fornecimento de ajuda", disse Pressman. 

    Mais:

    Exército sírio retira suas forças das zonas de evacuação em Aleppo
    Daesh lança uma ofensiva no norte de Aleppo após ataques da coalizão
    Assad: Nossa missão é expulsar terroristas de Aleppo para proteger os civis
    Tags:
    ajuda humanitária, Conselho de Segurança da ONU, ONU, David Pressman, Vitaly Churkin, Síria, Aleppo, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar