12:34 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Participantes de uma manifestação que demanda uma mudança na política europeia em relação aos refugiados, Madri, Espanha

    Refugiados organizaram ‘motim’ em centro de detenção temporária na Espanha

    © REUTERS / Susana Vera
    Mundo
    URL curta
    407

    Algumas dezenas de imigrantes ilegais organizaram um "motim" em centro de detenção temporária de estrangeiros em Madri, informou o jornal El Confidencial.

    Cerca de 60 imigrantes se recusaram a obedecer as exigências dos representantes do serviço de segurança da instalação, localizada no bairro de Aluche, na capital espanhola. Um confronto teve início. Segundo o jornal, os "revoltosos" eram, em sua maioria, argelinos. Um grupo ocupou o telhado do prédio principal do centro de detenção. 

    A segurança do centro de detenção para imigrantes ilegais, que quase sempre acabam sendo extraditados, é feita pela polícia nacional espanhola. A tropa de choque foi encaminhada ao local, que tenta convencer os "amotinados" a retornar aos seus quartos.   

    O centro possui a capacidade de abrigar até 280 imigrantes.

    Esta não é a primeira ocorrência na instalação. Em agosto, 17 pessoas fugiram do centro, 11 destes foram presos novamente. Em dezembro de 2014, a polícia precisou reprimir uma outra revolta.

    Mais:

    Mais de 180 mil imigrantes chegaram à Europa por mar em 2016
    ONU: Um milhão de imigrantes desembarcaram na Europa pelo mar em 2015
    Europa recebe número recorde de imigrantes pelo Mar Mediterrâneo em outubro
    Número de refugiados e imigrantes chegando à Europa aumentou 80%
    Tags:
    revolta, refugiados, Madrid, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik