23:00 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Obama discursa na Assembleia Geral da ONU

    Obama: Rússia deve ser solução no cenário internacional, não o problema

    © REUTERS / Lucas Jackosn
    Mundo
    URL curta
    2744

    O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou nesta terça-feira (18) que a Rússia é um importante país que deve ser a solução no cenário internacional, não o problema.

    "A Rússia é um país grande e importante, que tem um exército que fica atrás apenas do Exército dos EUA, ela deve ser parte da solução dos problemas internacionais", disse o líder norte-americano em entrevista coletiva após conversações com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi.  

    Obama também comentou a questão das sanções contra a Rússia, afirmando que as restrições continuarão em vigor até que a Rússia e a Ucrânia cumpram as suas obrigações referentes aos Acordos de Minsk. 

    "Nós discutimos nossas preocupações comuns sobre a situação na Ucrânia e a importância de manter as sanções, incluindo as sanções da União Europeia, até que a Rússia e a Ucrânia cumpram os compromissos assumidos no âmbito dos Acordos de Minsk", disse Obama.

    As relações entre a Rússia e o Ocidente deterioraram-se por conta da situação na Ucrânia. No início de julho de 2014, a União Europeia e e os EUA passaram das sanções contra pessoas físicas e empresa e começaram a adotar sanções contra setores inteiros da economia russa. Em resposta, a Rússia restringiu a importação de produtos de países que implementaram as sanções antirussas. 

    Mais:

    Rússia e China fortalecem cooperação contra hegemonia dos EUA
    EUA consideram novas sanções contra a Rússia
    Snowden faz graça das ameaças do vice-presidente dos EUA contra a Rússia
    Crise na Síria: Reunião de chanceleres da Rússia e dos EUA na Suíça chega ao fim
    Tags:
    Acordos de Minsk, internacional, cenário, sanções, exército, Barack Obama, União Europeia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik