09:31 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    2202
    Nos siga no

    O chefe do parlamento regional da região italiana de Vêneto Roberto Ciambetti, após visitar Crimeia, declarou que considera as ameaças proferidas por Kiev como vazias.

    O político italiano comentou a informação recentemente divulgada sobre o fato que, após visitar a península russa que o governo de Kiev não admite ser território russo, ele enfrenta a possibilidade de ser considerado como persona non grata. Ele notou que nunca sequer planejou visitar Kiev.

    Além disso, mais cedo o secretário do comitê da Suprema Rada (parlamento) ucraniano para questões de segurança nacional e defesa Ivan Vinnik exigiu à chancelaria do seu país que apelasse a um grupo amigável no Congresso dos EUA com o pedido de contribuir para a introdução de sanções contra deputados italianos que visitaram oficialmente a Crimeia.

    "Estas são ameaças que não nos criam nenhum problema. Isso são apenas ameaças", disse Ciambetti à RIA Novosti.

    A delegação italiana está realizado uma visita de três dias à península russa da Crimeia. Entre os 18 deputados há representantes de cinco regiões italianas: Vêneto, Ligúria, Lombardia, Toscana, e Emília-Romanha.

    Tags:
    ameaças, Itália, Kiev, Rússia, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar