07:17 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados das Unidades de Proteção Popular curdas (YPG) no Curdistão Sírio

    Segundo Assad, curdos na Síria não desejam autonomia

    © AFP 2018 / DELIL SOULEIMAN
    Mundo
    URL curta
    0 151

    O presidente da Síria, Bashar Assad, pensa que a maior parte dos curdos sírios não desejam uma autonomia nacional.

    “Não podemos dialogar somente com uma parte dos curdos, sem levar em consideração todos os curdos locais, bem como os armênios, chechenos, turcos e árabes. A maior parte dos curdos não está exigindo uma autonomia. Somente parte deles”, disse o líder sírio em entrevista ao jornal russo Komsomolskaia Pravda.

    Em todos caso, ponderou ele, esse tema não é da competência do presidente e pode ser resolvido com alteração do texto constitucional, algo que deve ser decidido por um referendo nacional.

    “Eu não posso dar isso para eles. O sistema político da Síria não me pertence. É necessário realizar um referendo popular geral, que dirá — sim ou não”, completou Assad.

    Mais:

    'Turquia deve cooperar com Assad ou irá se desintegrar'
    Assad oferece anistia para rebeldes desistirem de Aleppo
    Assad: 'Oposição moderada na Síria é um mito'
    Assad assume possibilidade de dialogar com grupos armados na Síria
    Tags:
    referendo, Bashar Assad, Curdistão sírio, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik